terça-feira, 14 de março de 2017

BOTO TUCUXI - Livro de Eros Divino



Boto Tucuxi, Retrospectiva a uma Trajetória de Inovações

A presente obra resgata de forma histórica, a memória cultural de um magnífico e grandioso evento, realizado há amais de uma década, no distante e pacato município de Maraã, e assim um pouco de sua história também. 

Este desconhecido município, está localizado no lado oeste, no imenso estado do Amazonas. O Festival dos Botos durante dez anos (2006 a 2016) causou um movimento inusitado aos ares do pequeno lugar. Os habitantes dessa pacata cidade do interior foram os grandes protagonistas, de uma festa mágica, que deu mais vida e movimento no clima bucólico e cálido do local. 

Através de uma grandiosa e arrojada produção artística, feita com muita música, dança, batucada, fantasias e alegorias, a Princesinha do Japurá, como é conhecida a cidade, naquela região, foi fortemente projetada à região saindo de seu anonimato. A obra expõe também, a progressividade da festa, através da Associação Folclórica Boto Tucuxi de Maraã-Am. É através dessa agremiação artística que a cidade reluziu, com mais: euforia, criatividade, emoção, e muita superação, frente às grandes adversidades das realidades regionais. Na concretização da brincadeira, ocorre um amadurecimento da comunidade, através da produção artístico-mitológica, e de suas agremiações folclóricas: Boto Tucuxi e Boto Vermelho. Este foi um grande e crucial ponto ao evento. Através do ufanismo do povo, por seu produto cultural, se pode determinar, novos dias e períodos, a sociedade local. A obra também descreve os grandes acontecimentos do município, paralelos, ao episódio da realização do Festival. 






Nenhum comentário:

Postar um comentário