segunda-feira, 10 de abril de 2017

MARAÃ, MEMÓRIAS NO JACITARA - Livro de Eros Divino




A Editora Virtual Todas as Letras apresenta mais um trabalho de relevância do Escritor Amazonense Eros Divino.

Sua obra, fruto de intensa pesquisa e de uma vida dedicada a apreciar, analisar, conhecer, catalogar e divulgar a cultura amazonense, principalmente a do interior do Estado, onde se encontra a cultura em sua originalidade, faz de seu nome uma referência nas artes, da qual a literatura a apresentada aqui.

 Boa Leitura,
Editor




Eros Divino Maia Alfaia, nascido no município de Coari-Am a 05 de março de 1974. 

É graduado em Letras pela Universidade Federal do Amazonas, pós graduado em Metodologia do Ensino Superior pela Faculdade Salesiana Dom Bosco de Manaus-Am.

Professor, católico, cronista-ensaísta, e artista-plástico, de mente irrequieta.
Caminha pela via da pesquisa ao resgate de: memórias, tradições e do folclore, da rica cultura popular, do Estado Amazonas.

É contemplador dos grandes eventos e festivais populares do interior
.
Dentro desses fatos cunhados e lançados à região amazônica, se compõe um inexplorado painel, a um olhar crucial e moderno, em torno das inquietações socioculturais e ambientais, do carente e deslembrado povo do interior.

A grande tarefa do autor, por esse outro ângulo, é explorar, apreciar, digerir, e finalmente absorver, como pesquisador, o diálogo de apelo que cada manifestação constrói a sua comunidade e região fluvial.

Em seguida se propõe a narrar: o cenário, o fato e o sujeito do acontecimento regional.

Assim sendo, pesquisa e satisfação andam juntas, à produção de novas idéias literárias.



MARAÃ, MEMÓRIAS NO JACITARA




É um apanhado de idéias regionais, reorganizadas, apresentando o pequeno e pacato município de Maraã, localizado no imenso cerne da Amazônia, a noroeste do Estado do Amazonas. Junto, há um resgate memorial do autor, e de outros sujeitos inerentes ao contexto da cidade. 

Em 1995, aos vinte e um anos de idade, o autor foi convidado a lecionar no lugar, e desse modo, encontrou-se com a ignota “Princesinha do Japurá. Japurá é o distante rio que abriga o município desde os anos sessenta.

“Princesinha”, como é conhecida a jovem e pacata cidade naquela área fluvial, é seu título lírico-político. 

O tempo se foi, mas a boa impressão do lugar permaneceu nas ideias e lembranças afetivas do jovem professor que amadureceu. 

A obra revela e expõe o modo de se viver e sobreviver em um dos locais mais isolados da Amazônia. 

Apresenta dados da fundação da cidade, localização geográfica, tradições culturais, sociais, religiosas, aspectos humanos, e ainda o olhar crítico e afetuoso do autor, em torno das impossibilidades sociais e culturais da cidade.

Através de um diálogo expositivo e direto, a cidade se torna um exemplo vital, sobre os fatos dos isolados interiores amazônicos.

Exibe, de modo sucinto, a simplicidade e caráter do habitante do lugar. 

É endereçada, especialmente, ao morador do município em destaque, porém, todo leitor que sinta curiosidade ao interior, é convidado especial à leitura.

Numa narrativa simples e de fácil degustação se demonstra de um ângulo particular, as realidades de se estar entrelaçado ao intrincado cotidiano do interior amazonense.

 Eros Divino


        Click AQUI e baixe o livro MAARÃ, MEMÓRIAS NO JACITARA de Eros Divino

Nenhum comentário:

Postar um comentário